domingo, 11 de dezembro de 2011

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Um pequeno pensamento...

"Por cada minuto que nos zangamos, perdemos 60 segundos de felicidade" - Ralph Waldo Emerson

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Momento musical!! (again!)

Hoje a dor de cabeça não me deixa espaço para escrever grande coisa.
(Re)lembrei-me desta música, que é lindaaaaaa, dos Chambao.
Oiçam, abram bem os olhos e... vejam as coisas bonitas da vida!

"Abriendo bien los ojos / fijarme en los detalles / depertar mis sentíos /fundirme con el aire"



quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Momento musical!!

Nunca mais verei a música do Dino Meira da mesma forma...
Versão do Armando TEixeira, dos Balla! Sou fããããã! :D


E assim vai o nosso jornalismo...

Fiquei estupefacta ao ler o artigo de opinião do Se. José António Saraiva, director do Jornal Sol, intitulado "Dois Maridos" e que podem (e devem) ler aqui, para perceberem os meus comentários.

Tive conhecimento deste artigo pelo Dr. Manuel Damas, a quem deixo aqui a minha homenagem, pelo que tem feito com a sua CASA - Centro Avançado de Sexualidades e Afectos (vejam mais info aqui ou aqui).

Agora cá vai o desabafo sobre o artigo.

Independentemente de ser um artigo de opinião...
Sinceramente, vindo do Sol, não me espanta. Com directores assim, não admira que o jornal Sol tenha as reportagens que tem, escritas como são. Infelizmente, agora qualquer pessoa com um curso é jornalista, independentemente do dever de isen...ção, de informaçõ, etc., que têm (!!!) de ter. Resta-nos não comprar o jornal, a ver se fecha.
E os comentários que são feitos... Felizmente há muitas pessoas esclarecidas que não concordam... Já as outras... Apenas mostra que Portugal é um país onde ainda muito há a fazer, (como é o caso da "sua" CASA) pois a tacanhez de espírito e a estupidez, ainda impera muito por aí. Se fosse um caso de violência num casal heterossexual, não me parece que fosse sequer alvo de qualquer reparo...

Tenho dito!

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Pensamento do dia

Não te preocupes tanto com a desgraça. Usa a m*rda que te acontece como adubo para a vida.
(by me)

Dúvida!!...

Hoje durante a manhã fui ao banco tratar de uns assuntos do trabalho, e encontrei, nada mais nada menos, que a aguardar a vez de ser atendida...
Essa criatura de nome Paula Bobone, e que, teoricamente (não sei de quem é esta teoria, mas pronto) é uma senhora toda super bem está a ver e que "arrota" postas de pescada sobre etiqueta.
Ou seja, o que se deve ou não fazer.

E agora vem a parte em que tenho dúvidas:
Porque é que a dita senhora tem sempre uma peça de roupa vestida que parece ter sido feita com tecido de um reposteiro? Daqueles beeeeeeem pirosos?

Estive para lhe dizer que estava linda (então pendant com a maquilhagem, ui!) mas depois tive medo que ela me levasse a sério...

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Falta de tempo...

Dizem que muitas vezes gerimos mal o tempo, e sim, confesso que é um pouco o meu caso.
Por isso perdoem-me a ausência, não porque não tenha nada para dizer, mas porque ando com um cansaço crónico, que me impede as noitadas de outrora... prefiro dormir! :)

Até já então!

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Dia Mundial da Criança

Faz quase 2 meses que não escrevo aqui... o tempo voa!... MAs ando mega atarefada, daqui a pouco mais de e semana caso, e pronto... Too much to do so little time!
Mas o que me fez voltar aqui (alémd e ter muitos textos na cabeça, mas ainda não estão amadurecidos o suficiente para os mostrar) foi o dia de hoje, 1 de Junho, dia mundial da criança.
Quem sabe o verdadeiro significado e objectivo da instituição deste dia?
Para muitos, certamente, é mais um dia em que se dão prendas, e pronto: "toma lá a prenda do dia da criança". Mas o objectivo é levar a reflexão sobre o que se passa com as crianças, o seu bem-estar, quer aqui perto de nós, quer por todo o mundo.
Já colaborou com a Unicef este ano? Comprou um porta-chaves ou assim? Comprou o pirilampo mágico? Há tantas maneira de ajudar quem precisa! Muitas são simbólicas, mas sempre é maneira de ajudar, embora possa parecer pouco.

Este é mais um daqueles dias que me deixa irritada, porque o consumismo se apoderou, mais uma vez, de uma data em que devíamos não olhar tanto só para o nosso umbigo...

E para quem tem filhos... Já pensaram que há coisas tão mais importantes do que dar presentes?
Vejam um programa em conjunto enquanto lhe fazem massagens no cabelo, brinquem com as crianças no chão com os seus brinquedos preferidos, riam-se, façam-lhes cócegas, e muitas tropelias! Metam-nos na cama e leiam uma história para adormecerem.
Lembrem-se de que já foram da idade deles e do que gostavam de fazer, partilhem tempo juntos.
Mesmo que implique que a cozinha fique por arrumar, ou que o telemóvel do trabalho esteja desligado. Obriguem-se a passar tempo de qualidade com os vossos filhos, não os despejem simplesmente em frente à televisão.
Isso é certamente a melhor prenda que lhes podem dar.

Da minha parte já fiz metade disto. Apensa fiz um intervalo de 9 horas para vir trabalhar, e logo temos o prolongamento! :)

E não, o dia da criança não é só para o meu filho. É também para mim. Para nós, os pais. Felizmente posso dizer que o é todos os dias. Porque nada é mais importante para mim do que o bem estar dele, e o que me faz ganhar o dia é a alegria dele quando me vê quando chego do trabalho e me pede colinho. Aí deixo tudo lá fora e dedico-me apenas a dar-lhe atenção. E a ser mais criança um bocadinho...